Coleção Nova da Amper

Há pouco tempo postamos sobre a Ampersand, loja linda aqui de Curitiba. E amanhã terá lançamento da coleção nova da marca própria da Amper.

Aline e seu namorado desenvolveram as ilustrações das t-shirts e está tudo muito lindo. A mini coleção chama Les Proverbes d’Amélie. Simmmm, a inspiração é o filme lindo O Fabuloso Destino de Amelie Poulain. Foram escolhidos 5 provérbios de uma cena do filme. E para arrematar o look com as t-shirts terão saias xadrez midi, minissaias e uma saia (maravilhosa) caramelo de chamois.

Estaremos lá na Amper amanhã 04/10 por volta das 14h. Vamos???

Shopping Omar
Av. Vicente Machado, 265, loja VM 25

(41) 3152-0062

Segunda à Sexta: 9:30h – 20:00h
Sábados: 9:30h – 18:00h

 

 

Anúncios

Ih, Casei!

Já que as meninas contaram de casamento, vou falar do meu primeiro casamento (logo logo vocês entenderão…).
Janeiro de 2010, estávamos namorando a 7 anos. Um casal de amigos nossos fecha uma turma de viajantes para acompanhar o casamento deles na Índia. O noivo é filho de Indianos, mas nascido no Brasil e a noiva brasileira. Fomos em 17 brasileiros para Chandigar, a cidade natal dos pais do noivo.
Festa de polaco é longa né?! Festa de indiano não fica nem um pouco atrás! Foram 3 dias de comemorações intensas! Eventos religiosos, mantras, cantigas, passeios e muuuuita comida boa!
Dia 01: Recepção, festa na casa e mantras até o finalzinho da tarde.
Dia 02: Festa na casa com passagem de creme de grão de bico nos braços e pés dos noivos. Para ficarem brilhantes e lindos. Almoço maravilha, passeio pela cidade durante a tarde.
Na noite do dia 2: A “despedida de solteiro” a família toda se reúne, a noiva faz a tatugem de henna e todas as amigas da noiva, nesse caso, também! Muita música, muita comida e muita comemoração.
Diz a tradição que, quanto mais preta fica a sua henna, maior é o amor do seu marido!
Dia 03: A tarde a noiva vai se arrumar e o noivo faz um passeio pelo bairro, vestido de noivo, já. E vai até o templo próximo a casa pra agradecer tudo. Enfim, naquela noite, o casamento como vimos na novela Caminho das Índias. Sim, é igual a novela. Noivo chegando no elefante, trocando colares de flores, dando voltas no fogo, promessas lindas e tinta vermelha na testa!
E nós alí, acompanhando tudo bem de pertinho. O casamento acontecendo, o bandidt  falando em indiano e nós conversávamos com o tio do noivo (em inglês, só pra deixar claro!)
Quando ele perguntou:
– E vocês? Não vão casar?
– Claro que vamos, pretendemos!
– Não querem casar na Índia?
– Ia ser muito legal, né? Um dia a gente volta e casa!
– Não! Casa agora! Não precisa voltar!
Pânico na cara da Cris e do Gui!
– Oi?!
Eis que o tio conversa com um e outro, todos vão balançando a cabeça e sorrindo, depois rindo. E a gente olhando pros lados pra ver pra onde corria. Tentando explicar para os primos mais novos o que o tio estava tramando. Tentando se esconder na pista de dança, mas todos achavam a ideia super legal!
E nossos amigos lá, casando! E a movimentação aumentando… Até que o casamento oficial acabou e os próprios noivos colocaram a gente no lugar deles!
Foi super lindo, mas fiquei um pouco preocupada de fazer alguma coisa errada, ou pisar no lugar errado!
A mãe do noivo (o oficial) ia nos explicando o que fazer e fomos prometendo muitas coisas um pro outro! Cada volta no fogo é uma promessa: Não ter o nome sujo no mercado. Marido me dar muitas jóias. Eu usar sempre a tinta pra mostrar que sou casada. Conversar antes de fazer adquirir dívidas e outras que não lembro agora… E vamos alimentando  o fogo com uma espécie de pipoquinha de arroz.
No final um docinho para selar essa união!
Tudo foi muito diferente do comum:
Casei de preto!
Casei descalça!
Casei no susto
Casei na Índia!

Daí vc se pergunta: Mas ninguém ficou espantado de ter um casal casando no mesmo casamento e essas coisas?

Na Índia a festa é muito mais relax. Não tem todo o protocolo que temos aqui no Brasil. Os convidados não acompanham a cerimônia (até por que leva umas 4 horas!). Depois de conhecer a noiva, todos vão jantar. Na parte da cerimônia fica só a família próxima e os envolvidos nessa parte – e os brasileiros perdidos, rs! – E vão conversando durante todo o evento. É muito solto, muito gostoso!
Nossa entrada na história foi uma grande diversão para todos! E uma super aventura para nós!
Não tem valor jurídico no Brasil, mas não tem problemas… Casamos aqui também, de outro jeito pouco convencional… Mas isso é história para oooutro post!
Cris

Trintando e Mudando

… E daí a gente foi embora! Péra, deixa eu contar desde o começo.

Meu esposo era designer de uma empresa de telefonia em Curitiba. Recebeu vários convites para ir para São Paulo e negou todos! Um dia, o convite foi: “Não existe mais a sua vaga aqui, quer ir pra São Paulo?”

Paralelamente eu tinha deixado as agências de publicidade em segundo plano e trabalhava como dubladora e professora de dublagem. Uma realização pessoal como nenhuma outra. Porém, ainda não pagava as contas…

Família

Otto, com 2 anos, estava na segunda escola. Porque se a gente troca de emprego ele troca de escola pra ficar perto da gente.

E ficamos nessa “sinuca de bico”. Vamos ou não?

Dois curitibanos, amantes da cidade, com um filho pequeno. Mudar de cidade, deixar tudo pra trás e se abrir a uma experiência completamente nova!? Pesamos os prós e contras:

1)      Sp é perigoso e violento.  Mas a violência per capita em Curitiba é maior que São Paulo.

2)      Lá o trânsito é muito ruim: Em Curitiba, morávamos 40 minutos do trabalho de carro, em SP seriam 15 minutos, de bicicleta.

3)      Otto vai ficar com sotaque de Paulista! Vai falar: Meu; Mano; Apartamennnnto.  É, pra esse contra não teve argumento. ( E ele já começou a puxar o N, argh!)

Então vamos, né?!

E fomos avisando os amigos bem aos poucos. A cada encontro eu tinha vontade de não soltar mais no abraço de tchau. Esconder numa das caixas da mudança e levar junto. Essa foi a pior parte de todas. De tudo que deixamos para trás, os próximos foram os que doeram mais.

mudança

Abri mão da carreira que tanto amo e que tinha conseguido conquistar depois de 4 anos de dedicação com cursos, provas, testes, trabalhos de graça, estágios e tempo investido. Voltei a trabalhar em agência de publicidade, de olho nos estúdios daqui, sem muitas esperanças… Mas isso eu explico num outro post!

Dizem que a vida começa depois dos 30, a minha nova vida começou com 33, em São Paulo. Com meu filho e meu marido, e a certeza de que vai dar tudo certo… É só dar tempo ao tempo.

E, agora já estamos aqui, já consegui fazer uma lista de objetivos:

Programas de auditório! – sempre que possível!

Restaurantes e franquias que só tem aqui: essa lista é enooorrrme! Vou contando pra vocês como são…

otto em sp

E conhecer os pontos de São Paulo que o paulistas já não dão tanta bola: Mercado Municipal, Brás, Oscar Freire, Ibirapuera, Masp, Av Paulista (turisticamente falando)… Ixxx , tem coisa pra caramba!

Nos vemos nos próximos post…

Feito em Curitiba – 6ª Edição

“When you buy from a small business an actual person does a little happy dance”

A Sapatilha Colorida abre suas portas para a 6ª edição do evento Feito em Curitiba, mais de 30 marcas autorais aqui de Curitiba estão expondo seus trabalhos. O evento ainda acontece amanhã (13/05) então dá tempo de você comprar um presente bem bacana para sua mãe (e pra você tb!). Vem ver quanta coisa legal a gente achou por lá.

Na Sapatilha Colorida todos os sapatos são feitos em pequena escala, muitas cores e muito conforto! Com design clean e atemporal, os mínimos detalhes são importantes, desde a busca da matéria-prima até o momento da entrega do produto final ao cliente, tudo é pensado com muito carinho!

A Adoro Saias nasceu por causa do amor que Rosalina e Mariana, mãe e filha, sempre tiveram por essa peça tão feminina. As peças são exclusivas, e feitas do jeitinho mais antigo mesmo: criatividade, tesoura, fio e máquina de costura. São feitas à mão pra você usar quando quiser, do jeito que quiser. A única regra é se sentir bem!

A Carmine Original Crafts valoriza a criação de produtos atemporais, brasileiros e produzidos manualmente que respeitam tanto os consumidores, quanto a matéria prima. Sem preferir o óbvio ou o caminho mais fácil, a marca surpreende com lindas tábuas e travessas que inspiram e deixam o seu lar com muita personalidade!

A Mise acredita mesmo que uma mesa feita com carinho reúne as pessoas e agrega ainda mais valor a momentos especiais vividos com quem a gente ama! Vem conferir as coleções lindas e cheias de carinho criadas por ela.

A Folk Design se utiliza das técnicas de crochê para criar decorações especiais e exclusivas para qualquer ambiente. Todos os produtos são delicados e coloridos e encantam todas as idades e estilos. A marca está no evento com produtos a pronta entrega mas também aceita encomendas personalizadas, para se encaixar perfeitamente a necessidade do cliente.

A Inku Cake é uma fábrica de delícias! Com opções de brownies e bolos de pote exageradamente gostosos são perfeitos para adocicar o seu fim de semana ou a vida de alguém especial! A maioria das receitas é exclusiva e todas elas são produzidas com ingredientes super selecionados.

A MEMMA surgiu do desejo de criar acessórios belos e diferentes para as mulheres. Seu conceito tem por base a poesia e a linha do design é, essencialmente, delicada, mas também com algumas peças mais descoladas e exuberantes. A marca desenvolve ainda uma linha artesanal de bolsas em tecido e acabou de lançar uma linha “We love pets”.
A MEMMA se associa também à difusão da cultura e sua relevância no Mundo. Por isso, divulga, junto com as suas peças, poemas de autores portugueses e brasileiros, que constituem um presente extra a quem adquire uma peça MEMMA para oferecer a uma mulher especial. 

A Cãolinarista é uma alternativa saudável de alimentação canina! A Pet Chef, Thaisa Salles, é a responsável pela produção de petiscos sem aromatizantes nem conservantes, com um cardápio assinado por um veterinário especializado em nutrição animal!

A joalheria artística é uma forma de visualizar o produto como obra. E, dentro desta concepção, Curitiba tem uma representante para não se colocar defeito. É praticamente impossível passar batido pelas coleções da Salma Nasser. Os anéis, em tamanhos consideráveis, os traços geométricos e a utilização diferenciada de pedras chamam a atenção logo de cara e, segundo ela, são características que gosta de imprimir durante a criação.

A Guria Marcenaria é um estúdio de design onde se compõem peças a mão, e com o coração, tendo em mente o foco de criar produtos inteligentes, atraentes e tecnicamente viáveis.
Em um mundo com recursos cada vez mais limitados e caros, é imprescindível a busca constante por ideias ecológicas e economicamente responsáveis, sempre priorizando fornecedores locais.
E é assim que a equipe da Guria pensa, é assim que a equipe da Guria cria!

Desde pequenas a Hadassa e a Isis eram apaixonadas por trabalhos manuais. A mãe delas ensinou atividades como crochetar, tricotar e costurar e com o tempo elas foram descobrindo outras técnicas apaixonantes, como encadernação artística, cartonagem, amigurumi e bordado.
Foi assim que decidiram criar uma linha exclusiva de produtos feitos à mão, transformando materiais simples em produtos com um design amável, pensados em cada detalhe. A Papillon – Feito a Mão.

Em meio ao caos, inventou o seu mundo.
Correu com linhas entrelaçadas, se perdeu dentre as trilhas confusas das fibras do papel, tropeçou entre a relva e o Reino Plantae, e no final estava lá. Rico, emaranhado, confuso, denso, suave, expansível, relaxante. Seu pequeno e próprio mundo.
Seria egoísmo da artista Larissa Kusunoki tê-los só para ela. Então, ela os compartilha.
Minimundos. Pequenos, estratosféricos.

IMG_3945

A Hocus Pocus Brinquedos aposta em brinquedos alternativos aos eletrônicos, desenvolvidos para ativarem a criatividade e as experiências da infância. As crianças poderão se divertir ainda numa oficina especial gratuita oferecida pela marcas, para liberar toda a criatividade!

As lindas peças da Cannelle Design são fabricadas artesanalmente com matérias naturais como a madeira, mantendo uma identidade própria e única! Fruto de experiências sensoriais pessoais e pesquisas dentro do mobiliário contemporâneo, a marca trás para o evento almofadas, tábuas, luminárias e outras maravilhas feitas em madeira.

A Artsy Letters é responsável pela criação do My Journal, uma mistura de agenda, planner e diário que foi desenvolvido seguindo o método Bullet Journal de organização otimizada, com todos os layouts e produção feitos de forma artesanal, desde a impressão das páginas, a encadernação costurada para melhor durabilidade e a própria capa que conta com seis opções de cores combinadas com três opções de elásticos removíveis.

A Crânios Cabeludos nasceu em setembro de 2015 com uma proposta de design autoral brutalista, conceituada na filosofia Wabi-Sabi, que resgata a imperfeição, a assimetria e rusticidade, assim como cada um de nós, sem perder o bom humor. A marca é criada pela designer de produto e de interiores curitibana Ana Carolina Penso.

As clutchs com mandalas e carteiras envelopes da Midalia Lima já são presença garantida no nosso evento. Do sonho de poder ficar em tempo integral ao lado do filho que surgiu a marca, que aposta em bolsas feitas em tecidos coloridos e trazem modernidade à técnica do patchwork.

E esta é só uma amostra, tem muito mais coisas lindas para ver e comprar! Entre na página do evento para ver mais expositores!

FEITO EM CURITIBA – 6 EDIÇÃO

O evento acontece até amanhã das 14h às 19h na Rua Barão de Guaraúna 374, Curitiba.